Macapá - Amapá, 28 Agosto 2014
RSS Facebook Twitter

Polícia

POLICIA 1 - PRESO

Preso do regime semiaberto, Ronaldo Rafael da Silva, 27 anos, que cumpria pena pelo crime de homicídio (Art.121), foi assassinado com pelo menos quatro tiros na noite de terça-feira, 26, na passarela Clodoaldo da Silva, conhecida como “Ponte do Jarbas”, no bairro Novo Horizonte, zona norte de Macapá.

Segundo testemunhas, a vítima estava no início da passarela quando dois elementos, em uma moto, chegaram rapidamente já efetuando disparos contra Rafael que tombou ferido. Os suspeitos fugiram em alta velocidade, tomando rumo ignorado.

POLICIA4-DROGA01

Policiais civis deflagraram, na cidade de Amapá, a operação denominada "Reincidência", com o objetivo de combater o tráfico de drogas no local. Durante três meses, a polícia investigou a conduta dos suspeitos de transação com drogas, cuja ação foi comandada pelo delegado Vitor Crispim e desenvolvida em duas etapas, por conta da complexidade e quantidade de pessoas envolvidas com o crime.

A primeira etapa da operação ocorreu no dia 13 e resultou na prisão de Leonardo de Souza Assunção, de 20 anos, e de três adolescentes com idades entre 15 e 17 anos. Com os adolescentes foram encontradas 50 gramas de substância entorpecente, provavelmente crack, e 25 gramas de maconha, além de 20 munições calibre 20 e vários produtos provenientes de furto trocados por droga.

POLICIA 4 - ASSASSINO

O delegado Renato Gerep, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do Novo Horizonte, investiga o duplo homicídio ocorrido nessa segunda-feira, 25, no bairro do mesmo nome, zona norte de Macapá, que vitimou uma mulher e um amigo seu, cujo acusado foi identificado como ex-marido dela.

De acordo com a ocorrência registrada naquela delegacia, trata-se de crime passional, uma vez que o acusado Ramon Cleiton Ribeiro, que estava separado da vítima Estefani da Rocha Gomes, a encontrou na companhia de um amigo e matou os dois. O crime aconteceu na Rua Alceu Paulo Ramos, no início da noite, quando as vítimas estavam em um carro de Elias da Silva Dias Siqueira, ocasião em que ambos foram surpreendidos pelo acusado e Elias Siqueira foi atingido com vários golpes de arma branca no pescoço e no rosto.

Pagina 1 de 34